page--front.tpl.php

Pós-graduação em Psicogerontologia

Pós-Graduação em Psicogerontologia

DATAS DE REALIZAÇÃO

  • 30/01/2025 - As aulas são em regime Pós-Laboral e realizam-se às Quintas-Feiras das 18h30 às 22h30
  • DURAÇÃO
    180H
    FORMATO
    A distância
    IDIOMA
    Português
    PLATAFORMA
    Zoom
    ACREDITAÇÃO
    Diploma de Pós-Graduação em Psicogerontologia
    CRÉDITOS
    44 ECTS
    INVESTIMENTO
    Sob Consulta

    Detalhe/Condições de investimento

    Taxa de candidatura: €105 

    Taxa de candidatura: €52,5 

     

    Será aplicado um desconto de 50% na taxa de candidatura e na Matrícula/Inscrição anual até ao final da 3ª fase de candidatura.

     

    Nota: Os titulares dos cursos do Ispa estão isentos do pagamento de taxa de candidatura

     

     

    Fases de Candidaturas

    Fase de candidatura

    Datas

    Desconto sob a propina anual

    1ª fase 

    1 de maio a 31 de julho de 2024

    10%

    2ª fase

    1 de agosto a 30 de setembro de 2024

    5%

    3ª fase

    1 de outubro a 30 de novembro de 2024

    3%

    4ª fase

    1 de dezembro de 2024 a 15 de janeiro de 2025

    0%

     

     

    Informações: fi@ispa.pt | 218 811 727

     

    Documentos a apresentar:

    • Cópia do Cartão de Cidadão
    • Cópia do Certificado de Habilitações (nota: em processo de matrícula é obrigatória a entrega do Certificado de Habilitações autenticado - documento original) 
    • Curriculum Vitae 
    • Carta de motivação

     

     

    PÓS GRADUAÇÃO MODULAR
    Não

    Descrição

    Portugal será, em 2050, o terceiro país do mundo com mais idosos, segundo as projeções demográficas das entidades de referência, nacionais e internacionais. Face à dimensão desta problemática, a comunidade científica, nos mais diversos domínios do conhecimento, tem vindo a produzir novos conhecimentos com o propósito de ajudar as sociedades a lidar com esta realidade, multifacetada, pluridisciplinar e complexa.

     

    Proporcionar contextos para um envelhecimento ativo ou intervir no sentido de retardar os processos que levam a menor autonomia e independência do idoso é um dos principais desafios (senão o principal) de qualquer profissional que trabalha com esta população.

     

    Este curso proporciona uma compreensão avançada e atualizada dos processos de envelhecimento, numa perspetiva multidisciplinar e integrada. Constitui uma mais-valia para quem já trabalha ou que pretende vir a trabalhar em instituições ou equipamentos sociais, tais como lares, centros de dia residências seniores, centros sociais e paroquiais, serviços de apoio domiciliário, cuidados continuados e centros comunitários de apoio a idosos, entre outros

    Destinatários

    Psicólogos, gerontólogos, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, animadores socioculturais, educadores sociais, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, terapeutas da fala, técnicos de psicomotricidade, técnicos de reabilitação e inserção social, técnicos de desenvolvimento comunitário e técnicos autárquicos, entre outros.

     

     

     

    Entidades Parceiras com condições preferenciais 

     

    AAACM - Associação dos Antigos Alunos do Colégio MilitarANG - Associação Nacional de GerontólogosAPDASCAPP - Associação Portuguesa de Psicogerontologia

    APP - Associação Portuguesa de PsicomotricidadeAPTO - Associação Portuguesa de Terapeutas OcupacionaisFITIIGAS - Inspeção Geral de Atividades em Saúde

    ILGA PortugalLPCDR - Liga Portuguesa contra as Doenças Reumáticas

     

     

     

    Objetivos do curso

    • Aprofundar conhecimentos de psicologia do envelhecimento e sua articulação com processos de saúde, desenvolvimento e adaptação próprios desta fase de ciclo da vida.

     

    • Desenvolver uma compreensão especializada dos processos de envelhecimento normais e patológicos, numa perspetiva multidisciplinar e integrada na prática profissional.

     

    • Desenvolver competências de avaliação, intervenção e reabilitação de pessoas idosas.

     

    • Capacitar para a elaboração e implementação de projetos de intervenção junto de pessoas idosas e suas famílias.

     

    • Desenvolver competências de gestão de equipas viradas para a prevenção de stress ocupacional e burnout, e gestão de equipamentos sociais.

    Percurso de aprendizagem

    Plano de EstudosHoras
    Aconselhamento ao Idoso 

    24

    Aconselhamento Familiar

    24

    Envelhecimento, Saúde e Doença 

    12

    Ética e Deontologia 

    16

    Gestão de Equipas

    16

    Prevenção do Stress Ocupacional

    16

    Psicobiologia do Envelhecimento

    24

    Psicologia do Envelhecimento

    24

    Psicopatologia

    12

    Seminário Temático

    12

     

    O curso tem duração de 2 semestres (44 ECTS) com carga horária total de 180 horas.

     

     

    Estratégia pedagógica

    Metodologia pedagógica com recurso aos métodos expositivo, interrogativo e ativos, com debate e reflexão em grupos e feedback sobre as conclusões, bem como visionamento de conteúdos ilustrativos das temáticas abordadas.

    Equipa pedagógica

    Direção de curso

    José A. Carvalho Teixeira, Psiquiatra, Psicoterapeuta existencial, Professor aposentado do Ispa, Ex-Diretor da Formação Avançada - Ispa

     

    Catarina Rodrigues, Psicóloga, Mestre em Psicologia da Saúde, Pós-Graduada em Gerontologia, Assistente no Ispa.

     

     

    Equipa Docente

    Catarina Rodrigues, Psicóloga, Mestre em Psicologia da Saúde, Pós-Graduada em Gerontologia, Assistente no Ispa.

     

    Cristina Martins, Psicóloga, Terapeuta Familiar, Doutorada em Psicologia (FPCE, UPorto), Mestre em Família e Sociedade.

     

    Filipa Pinto Nunes, Psicóloga especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Pós-graduada em Desenvolvimento e Intervenção Psicológica na área da Prevenção do Stress Ocupacional (U. Extremadura, Espanha), ULS SÃO JOSÉ (Lisboa). 

     

    João Lima Fernandes, Psicólogo Clínico, Mestre em Psicologia da Saúde, Docente universitário, Diretor Técnico em Lar, Formador e Coordenador de Equipas de Prestação de Cuidados de Saúde a Idosos.

     

    José A. Carvalho Teixeira, Psiquiatra, Psicoterapeuta existencial, Professor aposentado do Ispa. Ex-Diretor da Formação Avançada – Ispa.

     

    Luiz Cortez Pinto, Psiquiatra, Presidente da Secção de Psiquiatria Geriátrica da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental, Membro da Direção da Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia, Ex-Diretor do Serviço de Psiquiatria Geriátrica, Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa/ Hospital Júlio de Matos.

     

    Maria Margarida Teles Rebolo, Psicóloga, Doutorada em Neurociências pela Faculdade Medicina de Lisboa, Mestre em Neuropsicologia.

     

    Maria João Quintela, Médica, Mestre em Gerontologia, Presidente da Associação Portuguesa de Psicogerontologia, Consultora da Direção-Geral da Saúde para o Envelhecimento Ativo.

     

    Paula Ribeiro Sousa, Psicóloga, Psicoterapeuta.

     

    Teresa Ferreira, Psicóloga Clínica, Formadora.

    Certificado e Acreditação

    Diploma de Pós-Graduação em Psicogerontologia

    Requisitos técnicos

    Deter o grau académico de licenciatura ou superior. Submissão de candidatura, sujeita a avaliação e aprovação pela Direção do Curso.

    Testemunhos

    Pós-Graduação em Psicogerontologia - Testemunho | Formação Ispa
    Rita Silva | Diretora Técnica

    "Assumi há 5 anos a função de Diretora técnica de uma ERPI e senti necessidade de aprofundar e consolidar conhecimentos, adquirir novas estratégias, mas sobretudo a necessidade de refletir sobre as minhas práticas e vi nesta pós-graduação essa oportunidade. Os colegas de curso eram de variadas áreas de formação, o que permitiu uma troca muito enriquecedora de experiências e até criar sinergias.

     

    Algumas unidades curriculares foram muito importantes para ter uma nova perspetiva e colocar em prática novas aprendizagens.

     

    Pedagogicamente, saliento o facto de a avaliação consistir num trabalho, trabalho este que pode estar relacionado com a nossa realidade; temos autonomia e apela-se à reflexão crítica.

     

    O facto de ser online é facilitador para quem trabalha."

    Rita Silva